18,98 ALQUEIRES PAULISTA - ESTRELA D´OESTE / TURMALINA
ModalidadeOnline
Local do leilãoRua Afonso Celso nº 312 - Vila Mariana / SP.
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça05/08/19 14:0008/08/19 14:00Encerrado
2ª Praça28/08/19 14:0028/08/19 14:05Encerrado

LOTE 02 -UM IMÓVEL RURALcom a área de quarenta e cinco hectares, noventa e três ares e oitenta três centiares (45,9383 há.) de terras, denominado lote número dez (10), da gleba dois (02), encravado na ‘FAZENDA SANTA RITA” no distrito e município de Turmalina – SP, desta comarca, denominado “Sítio São Pedro”, dentro do seguinte perímetro: inicia-se o perímetro no marco M-30 de Coordenadas Plantas DTM E=553433,268m e N= 7781.446,389m., implantado no limite da estrada vicinal; deste segue confrontando com terras de Francisco Cajuela e Olindo Savazzi, com azimute de 474º 57’ 21’’ e distância de 693,39m até o marco M-31, implantado na margem direita do córrego Tambiú; deste segue margeando o Córrego Tambiú, à sua jusante, numa distância de 669,08m, até o marco M-32; deste confrontando com o lote 01, com azimute de 353º 04’ 12’’ e distância de 679,26m, até o marco M-25, implantado na divisa com o lote 01; deste segue confrontando com o lote 01, com azimute de 82º 04’ 14’’ e distância de 36,20m, até o marco M-84B, implantado no limite da estada da vicinal; deste segue com azimute de 81º 46’ 30’’ e distância de 654,00m, percorrendo-se nesse trecho o limite com os lote 06, 07, 08 e 09, separados por uma estrada vicinal, até o marco N-30, início da descrição no perímetro deste lote”.

Matriculado sob nº 6.621 do CRI de Estrela D`Oeste/SP. Avaliação: R$ 2.372.500,00.

Conforme Laudo de Avaliação, o imóvel possui topografia plana, contendo 01 casa simples, 2 caixa d´agua, 3 poços artesianos, toda cercada, contendo aproximadamente 3.600 pés de Seringueira com 20 anos produzindo e também plantação de limão e poncã (não produzindo). Cadastro INCRA nº 601.250.001.147-5. 

Localização:Rodovia no sentido de Paranapuã, (Km 2,5) primeira entrada a esquerda, aproximadamente 900 mts até o “Sítio São Pedro”, localizado no Município de Turmalina – Córrego Tambiú.

ÔNUS:Consta na referida matrículaR.08 / R.09 – Hipotecaem favor do Banco do Brasil S/A;Av.10 –Distribuição da Ação de Execução de Titulo Extrajudicial, processo nº1000831-61.2014.8.26.0189, em trâmite na 2ª Vara Cível do Foro de Fernandópolis, movida pela Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais;Av.11Penhoraexequenda;Av.12Penhorado imóvel, autos nº 1000831-61.2014.8.26.0189, em tramite na 2ª Vara Cível do Foro de Fernandópolis, movida pela Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM:No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fls.167/192) que corresponde aoLOTE 02 – R$ 2.372.500,00 (Novembro/2018). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%(sessenta) do valor da avaliação judicial (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus ao interessado, verificar suas condições antes das datas designadas para a alienação eletrônica

1ª Vara Cível de Fernandópolis

Lote 02: 1ª Vara Cível de Fernandópolis

Valores atualizados

Avaliação2.372.500,00
Lance mínimo2.372.500,00
Incremento5.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas427

ÁREA RURAL - 18,98 ALQUEIRES PAULISTA COM BENFEITORIAS

Localização: Rodovia no sentido de Paranapuã, (Km 2,5) primeira entrada a esquerda, aproximadamente 900 mts até o “Sítio São Pedro”, localizado no Município de Turmalina – Córrego Tambiú.

LOTE 02 - UM IMÓVEL RURAL com a área de quarenta e cinco hectares, noventa e três ares e oitenta três centiares (45,9383 há.) de terras, denominado lote número dez (10), da gleba dois (02), encravado na ‘FAZENDA SANTA RITA” no distrito e município de Turmalina – SP, desta comarca, denominado “Sítio São Pedro”, dentro do seguinte perímetro: inicia-se o perímetro no marco M-30 de Coordenadas Plantas DTM E=553433,268m e N= 7781.446,389m., implantado no limite da estrada vicinal; deste segue confrontando com terras de Francisco Cajuela e Olindo Savazzi, com azimute de 474º 57’ 21’’ e distância de 693,39m até o marco M-31, implantado na margem direita do córrego Tambiú; deste segue margeando o Córrego Tambiú, à sua jusante, numa distância de 669,08m, até o marco M-32; deste confrontando com o lote 01, com azimute de 353º 04’ 12’’ e distância de 679,26m, até o marco M-25, implantado na divisa com o lote 01; deste segue confrontando com o lote 01, com azimute de 82º 04’ 14’’ e distância de 36,20m, até o marco M-84B, implantado no limite da estada da vicinal; deste segue com azimute de 81º 46’ 30’’ e distância de 654,00m, percorrendo-se nesse trecho o limite com os lote 06, 07, 08 e 09, separados por uma estrada vicinal, até o marco N-30, início da descrição no perímetro deste lote”.

Matriculado sob nº 6.621 do CRI de Estrela D`Oeste/SP. Avaliação: R$ 2.372.500,00.

Conforme Laudo de Avaliação,o imóvel possui topografia plana, contendo 01 casa simples, 2 caixa d´agua, 3 poços artesianos, toda cercada, contendo aproximadamente 3.600 pés de Seringueira com 20 anos produzindo e também plantação de limão e poncã (não produzindo). Cadastro INCRA nº 601.250.001.147-5. 

ÔNUS: Consta na referida matrícula R.08 / R.09 – Hipoteca em favor do Banco do Brasil S/A; Av.10 – Distribuição da Ação de Execução de Titulo Extrajudicial, processo nº1000831-61.2014.8.26.0189, em trâmite na 2ª Vara Cível do Foro de Fernandópolis, movida pela Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais; Av.11 – Penhora exequenda; Av.12 – Penhora do imóvel, autos nº 1000831-61.2014.8.26.0189, em tramite na 2ª Vara Cível do Foro de Fernandópolis, movida pela Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM: No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fls.167/192) que corresponde ao LOTE 02 – R$ 2.372.500,00 (Novembro/2018). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 60% (sessenta) do valor da avaliação judicial (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus ao interessado, verificar suas condições antes das datas designadas para a alienação eletrônica