17,65% ÁREA RURAL - 5,53 ALQUEIRES PAULISTA
ModalidadeOnline
Local do leilãoRua Afonso Celso nº 312 - Vila Mariana / SP.
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça11/06/19 15:0014/06/19 15:00Encerrado
2ª Praça14/06/19 15:0005/07/19 15:00R$ 200.920,00

BEM A SER PRACEADO:COTA PARTE CORRESPONDENTE A 17,65% DO IMÓVEL - EQUIVALENTE A 5,53 ALQUEIRES PAULISTA DE TERRAS.

IMÓVEL:“Área terras com 75,8130 hectares ou 31,3277 alqueires, com um perímetro de 4.198,64m, denominado Sítio Paraíba, no Bairro Serrinha, nesta cidade, município e comarca de Guararapes, Estado de São Paulo, com a seguinte descrição: inicia-se a descrição deste perímetro no vértice 1, situado na margem esquerda da Estrada Municipal – GRR-169, que demanda a Guararapes sentido Bairro Serrinha e junto terras de divisa do Sítio Primavera, pertencente a João Caetano Sanches e outro, matricula nº 14.609; deste, segue confrontando com o Sítio Primavera, pertencente a João Caetano Sanches e outro, matricula nº 14.609, com o seguinte azimute e distância: 176°56`12” e 1.643,93m até o vértice 2, situado junto a margem esquerda do Córrego Serrinha; deste, segue confrontando com Córrego Serrinha, a sua montante, e sendo divisa natural, com os seguintes azimutes e distâncias: 271°05`04” e 26,93m até o vértice 3, 283°34`06” e 26,40m até o vértice 4; 328°31`16” e 14,63m até o vértice 5; 328°31`16” e 6,30m até vértice 6; 304°41`34” e 11,91m até o vértice 7; 298°09`14” e 37,91m até o vértice 8; 262°01`37” e 63,50m até o vértice 9; 323°20`57” e 37,60m até o vértice 10; 323°35`29” e 12,62m até o vértice 11; 298°10`45” e 10,45m até o vértice 12; 281°34`28” e 30,90m até o vértice 13; 251°15`47” e 7,62m até o vértice 14; 304°44`43” e 31,90m até o vértice 15; 242°02`28” e 9,80m até o vértice 16; 190°04`25” e 19,98m até o vértice 17; 253°09`29” e 6,33m até o vértice 18; 298°54`54” e 10,20m até o vértice 19; 311°46`10” e 37,45m até o vértice 20; 257°03`00” e 6,81m até o vértice 21; 258°40`05” e 34,13m até o vértice 22; 274°47`04” e 15,05m até o vértice 23; 289°39`26” e 11,02m até o vértice 24; 301°19`03” e 31,42m até o vértice 25, situado junto a margem esquerda do Córrego Serrinha com a divisa do imóvel denominado lote “02” pertencente a José Pereira de Lucena, sucessor de Aparecida Raffa de Souza; deste, segue confrontando com o imóvel denominado lote “02” pertencente a José Pereira de Lucena , sucessor de Aparecida Raffa de Souza, com o seguinte azimute e distâncias: 350°44`16” e 1.480,39m até o vértice 26, situado junto a margem esquerda da Estrada Municipal – GRR-169, que demanda a Guararapes sentido Bairro Serrinha, deste, segue confrontando com a Estrada Municipal GRR-169, no sentido Guararapes, com os seguintes azimutes e distâncias: 90°28`02” e 63,64m até o vértice 27; 83°37`49” e 509,82m até o vértice 1, ponto inicial da descrição deste perímetro. Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetro foram calculadas no plano de projeção UTM”.Matriculado sob o nº 17.246 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Guararapes/SP.Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus ao interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação judicial eletrônica.

ÔNUS:Consta na referida matrículaAv.1a.)Hipoteca de 50% do imóvel em favor de Willian Trigilio da Silva, conforme R.25/3.751;b.)Protesto contra alienação de bens, com fim de prevenir litígios e prejuízos a eventuais adquirentes, requerido por Plínio de Arruda, conforme Av.26/3.751;c.)Penhora de 25% do imóvel, processo 0001720-57.2005.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Genese Edson Queiroz, conforme Av.26/3.751;d.)Penhora fração 6,66666% do imóvel, processo 0000444-15.2010.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Santos Albino Filho, conforme Av.33/3.751;e.)Penhora fração 6,66666% do imóvel, nº ordem 140-10, em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Santos Albino Filho, conforme Av.34/3.751;f.)Penhora de 50% do imóvel, processo 0005106-56.2009.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movida pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Araçatuba, conforme Av.35/3.751;Av.3- Penhora de 50% do imóvel, processo 0005926-75.2009.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movida pela Itapeva II Multicarteira Fidc Np;

DO VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM- No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial que corresponde aR$ 57.000,00 o alqueire (Dezembro/2017), perfazendo o valor deR$ 315.210,00(Trezentos Quinze Mil, Duzentos e Dez Reais),que será atualizado à época da alienação. No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor atualizado da avaliação judicial (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital, e, não tendo sido fixado preço mínimo, considera-se vil o preço inferior a cinquenta por cento do valor da avaliação).

2ª Vara Cível do Foro de Guararapes

Lote 01: 2ª Vara Cível do Foro de Guararapes

Valores atualizados

Avaliação315.210,00
Lance mínimo200.920,00
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas13

COTA PARTE CORRESPONDENTE A 17,65% DO IMÓVEL - EQUIVALENTE A 5,53 ALQUEIRES PAULISTA DE TERRAS.

IMÓVEL:“Área terras com 75,8130 hectares ou 31,3277 alqueires, com um perímetro de 4.198,64m, denominado Sítio Paraíba, no Bairro Serrinha, nesta cidade, município e comarca de Guararapes, Estado de São Paulo, com a seguinte descrição: inicia-se a descrição deste perímetro no vértice 1, situado na margem esquerda da Estrada Municipal – GRR-169, que demanda a Guararapes sentido Bairro Serrinha e junto terras de divisa do Sítio Primavera, pertencente a João Caetano Sanches e outro, matricula nº 14.609; deste, segue confrontando com o Sítio Primavera, pertencente a João Caetano Sanches e outro, matricula nº 14.609, com o seguinte azimute e distância: 176°56`12” e 1.643,93m até o vértice 2, situado junto a margem esquerda do Córrego Serrinha; deste, segue confrontando com Córrego Serrinha, a sua montante, e sendo divisa natural, com os seguintes azimutes e distâncias: 271°05`04” e 26,93m até o vértice 3, 283°34`06” e 26,40m até o vértice 4; 328°31`16” e 14,63m até o vértice 5; 328°31`16” e 6,30m até vértice 6; 304°41`34” e 11,91m até o vértice 7; 298°09`14” e 37,91m até o vértice 8; 262°01`37” e 63,50m até o vértice 9; 323°20`57” e 37,60m até o vértice 10; 323°35`29” e 12,62m até o vértice 11; 298°10`45” e 10,45m até o vértice 12; 281°34`28” e 30,90m até o vértice 13; 251°15`47” e 7,62m até o vértice 14; 304°44`43” e 31,90m até o vértice 15; 242°02`28” e 9,80m até o vértice 16; 190°04`25” e 19,98m até o vértice 17; 253°09`29” e 6,33m até o vértice 18; 298°54`54” e 10,20m até o vértice 19; 311°46`10” e 37,45m até o vértice 20; 257°03`00” e 6,81m até o vértice 21; 258°40`05” e 34,13m até o vértice 22; 274°47`04” e 15,05m até o vértice 23; 289°39`26” e 11,02m até o vértice 24; 301°19`03” e 31,42m até o vértice 25, situado junto a margem esquerda do Córrego Serrinha com a divisa do imóvel denominado lote “02” pertencente a José Pereira de Lucena, sucessor de Aparecida Raffa de Souza; deste, segue confrontando com o imóvel denominado lote “02” pertencente a José Pereira de Lucena , sucessor de Aparecida Raffa de Souza, com o seguinte azimute e distâncias: 350°44`16” e 1.480,39m até o vértice 26, situado junto a margem esquerda da Estrada Municipal – GRR-169, que demanda a Guararapes sentido Bairro Serrinha, deste, segue confrontando com a Estrada Municipal GRR-169, no sentido Guararapes, com os seguintes azimutes e distâncias: 90°28`02” e 63,64m até o vértice 27; 83°37`49” e 509,82m até o vértice 1, ponto inicial da descrição deste perímetro. Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetro foram calculadas no plano de projeção UTM”.

Matriculado sob o nº 17.246 do Cartório de Registro de Imóveis da Comarca de Guararapes/SP.Os bens serão vendidos no estado de conservação em que se encontram, sem garantia, constituindo ônus ao interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação judicial eletrônica.

ÔNUS:Consta na referida matrículaAv.1a.)Hipoteca de 50% do imóvel em favor de Willian Trigilio da Silva, conforme R.25/3.751;b.)Protesto contra alienação de bens, com fim de prevenir litígios e prejuízos a eventuais adquirentes, requerido por Plínio de Arruda, conforme Av.26/3.751;c.)Penhora de 25% do imóvel, processo 0001720-57.2005.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Genese Edson Queiroz, conforme Av.26/3.751;d.)Penhora fração 6,66666% do imóvel, processo 0000444-15.2010.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Santos Albino Filho, conforme Av.33/3.751;e.)Penhora fração 6,66666% do imóvel, nº ordem 140-10, em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movido por Santos Albino Filho, conforme Av.34/3.751;f.)Penhora de 50% do imóvel, processo 0005106-56.2009.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movida pela Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Araçatuba, conforme Av.35/3.751;Av.3- Penhora de 50% do imóvel, processo 0005926-75.2009.8.26.0218 em trâmite no 2º Oficio Judicial do Foro de Guararapes/SP, movida pela Itapeva II Multicarteira Fidc Np;

DO VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM- No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial que corresponde aR$ 57.000,00 o alqueire (Dezembro/2017), perfazendo o valor deR$ 315.210,00(Trezentos Quinze Mil, Duzentos e Dez Reais),que será atualizado à época da alienação. No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor atualizado da avaliação judicial (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital, e, não tendo sido fixado preço mínimo, considera-se vil o preço inferior a cinquenta por cento do valor da avaliação).