CASA COM TERRENO 125M² - CIDADE ARACY - SÃO CARLOS
ModalidadeOnline
Local do leilãoRua Afonso Celso nº 312 - Vila Mariana / SP.
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça17/08/20 15:0020/08/20 15:00Encerrado
2ª Praça20/08/20 15:0009/09/20 15:00Encerrado

BEM A SER PRACEADO:

DIREITOS SOBRE O IMÓVEL URBANO (CONTRATO DE COMPROMISSO DE VENDA E COMPRA Nº 115/3.162-A). Imóvel – “Uma casa, construída no lote de número 3.162-A, da quadra 089, do loteamento denominado Cidade Aracy, em São Carlos, Estado de São Paulo, havido pela matrícula nº 35.726, que tem a seguinte discrição: medindo 5,00 metros com frente para a Rua 85; 5,00 metros aos fundos confrontando com o lote nº 3.151; 25,00 metros à esquerda confrontando com o lote nº 3.160; 25,00 metros à direita confrontando com a parte do lote nº 3162-B; encerrando uma área de 125,00 metros quadrados”.Matriculado sob nº 35.726 (Ficha Auxiliar) do CRI de São Carlos/SP.

Avaliação:R$ 90.000,00 (Agosto/2019).Localização:Rua Lázaro Santos nº 420 – Cidade Aracy – São Carlos-SP (Casa sem placa de identificação, compreendida entre os números 416 e 430 da referida rua)

O bem será vendido no estado de conservação que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM:No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação (fl.36) equivalente a R$ 90.000,00 (Agosto/2019), que atualizado para o leilão, corresponde aR$ 91.975,00(Noventa e um mil, novecentos e setenta e cinco reais). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor da avaliação judicial atualizada, equivalente aR$ 55.185,00(Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

Conforme disposto no art. 1.322, do CC. Quando a coisa for indivisível, e os consortes não quiserem adjudicá-la a um só, indenizando os outros, será vendida e repartido o apurado, preferindo-se, na venda, em condições iguais de oferta, o condômino ao estranho, e entre os condôminos aquele que tiver na coisa benfeitorias mais valiosas, e, não as havendo, o de quinhão maior.