2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo

Lote 01: 2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo

Valores atualizados

Avaliação650.000,00
Lance mínimo325.000,00
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas239

93,88 Hectares de Terras no Municipio de Jaíba / MG

IMÓVEL RURAL, situado no lugar denominado “Santa Cruz do Rio Verde”, Fazenda Ramalhudo Mártires, distrito de Gameleira (hoje município de Jaíba-MG), Comarca de Manga (MG), pertencendo o quinhão com a área de 93,88 ha (noventa e três hectares e oitenta e oito ares), dentro dos seguintes limites e confrontações: - “O Polígono inicia no marco de nº 6-B cravado na divisa com Mércio José Rodrigues Oliveira. Deste com rumo magnético de 05°35´15” SE e distância de 400,00m limitando com Mércio José Rodrigues Oliveira, está o marco de nº 6-D. Daí, com rumo 75°34´46” e distância de 713,482m mesmo confinante, está o arco de nº 17-B. Deste segue sentido a montante ao Rio Verde Grande, numa distância aproximada de 1.510,261m até o marco de nº 23. Do marco de nº 23 com rumo 00°10´39” e distância de 1.309,918m, limitando com Márcio Rodrigo de Oliveira, está o marco de nº 6-A. Deste com rumo 71°03´46” SW e distância de 582,688m, limitando com Amélia Cândida Oliveira Rodrigues; está o marco de nº 6-B, que é o início deste polígono.”

Conforme Av.02/7987 – Área de Reserva Florestal Preservada é de 22,65,39 ha (Vinte e dois hectares, sessenta e cinco ares e trinta e nove centiares); Fica grava como utilização limitada, não podendo nela ser feito qualquer tipo de exploração, a não ser mediante autorização do IEF. Cadastro no INCRA nº 436.224.014.745-2. NIRF nº 5.464.921-8.

Avaliação: R$ 650.000,00. Matriculado sob nº 7.987 do CRI da Comarca de Manga - MG.

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

ÔNUS: Consta na referida matrícula R.06 – Hipoteca em favor do Banco Bradesco S/A;

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM: No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial que corresponde a R$ 650.000,00 (Novembro/2017). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 50% do valor da avaliação judicial, correspondente a R$ 325.000,00. (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

2ª Vara Cível Comarca de Manhumirim

Lote 01: 2ª Vara Cível Comarca de Manhumirim

Valores atualizados

Avaliação1.680.000,00
Lance mínimo1.680.000,00
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas191

ÁREA RURAL 67,74 HECTARES - “IMÓVEL RURALdenominado Córrego Prata, no município da cidade de Durandé – MG, nesta comarca, com uma área de 67.76.00ha de terras, tendo como benfeitorias 3.000 cafeeiros e uma casa com 6 cômodos em péssimo estado de conservação, dividindo por seus diversos lados com José Luiz Cantamissa, Geraldo Jovelino de Carvalho e com uma pedreira.” Registro anterior R.19/3.292. Proprietários: Everaldo Simione e sua esposa Sirlene Pereira Simione. Matriculado sob nº 5.490 do CRI da Comarca de Manhumirim - MG.

Conforme Avaliação: Trata-se de uma área rural, localizado a 3 Km do Distrito de São João da Figueira, Município de Durandé – MG, possuindo topografia privilegiada, água em abundância, energia elétrica, pasto, curral para 100 cabeças de boi, 20.000 (vinte mil) pés de café, uma boa casa, tulha, lavador de café, capineira, 3 açudes, terreiro de pedra medindo 2.000 m². 

Localização: Zona Rural Córrego Prata – 03 Km do Distrito de São João da Figueira - Durandé / MG. 

Avaliação: R$ 1.680.000,00.

ÔNUS: Consta na referida matrícula R.08 - Hipoteca em favor do Banco Bradesco S/A; Av.09 – Ação Premonitória, ref. autos nº 0033555-91.2016.8.13.0395 em trâmite na 1ª Secretaria do Juizo da Comarca de Manhumirim / MG, movida pela Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Lajinha Ltda; Av.10 – Penhora Exequenda.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM: No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fl.195) que corresponde a R$ 1.680.000,00 (Novembro/2017). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 50% (cinquenta) do valor da avaliação judicial, equivalente a R$ 840.000,00 (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo

Lote 01: 2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo

Valores atualizados

Avaliação750.000,00
Lance mínimo750.000,00
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas146

IMÓVEL - “Lote 255 da Quadra 08, Setor 09, situado no Bairro dos Técnicos, Timóteo-MG, com as seguintes confrontações e medidas: frente para a Rua 37, medindo 30,80m; lado direito com o Lote 365, medindo 17,50m, lado esquerdo com o Lote 230, medindo 25,00m, e nos fundos com o Lote 395, medindo 31,80m; perfazendo a área total de 668,36m²”. Cadastro Municipal nº 01.09.008.0233.0001. Matriculado sob nº 4.973 do CRI da Comarca de Timóteo - MG

Conforme Av.04/4973, no referido terreno foi edificado uma casa residencial com 323,262m² de área construída, emplacada sob o nº 46 da Rua Trinta e Sete, composta por 03 dormitórios, sala, copa, cozinha, área de serviço, garagem e salão coberto.

Endereço: Rua Trinta e Sete nº 46 – Vila dos Técnicos - Timóteo / MG. Avaliação: R$ 750.000,00.

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM: No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fl.263) que corresponde a R$ 750.000,00 (Abril/2018). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 50% do valor da avaliação judicial, equivalente a R$ 375.000,00. (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

ÔNUS: Consta na referida matrícula R.06 – Penhora ref. autos nº 0482811-81.2006.8.13.0687, em trâmite na 2ª Vara Cível da Comarca de Timóteo/MG, movida pela Fazenda Pública Federal; Av.07 – Ajuizamento da Ação de Execução de Título Extrajudicial, autos nº 0049629-20.2012.8.13.0313, em trâmite na 1ª Vara Cível da Comarca de Ipatinga/MG, movida por Carlos de Souza Pereira; Av.08 – Indisponibilidade dos bens, ref. autos nº 0456542-05.2006.8.13.0687, em trâmite na 1ª Vara Cível da Comarca de Timóteo/MG, movida pelo Estado de Minas Gerais; Av.09 – Indisponibilidade dos bens, ref. autos nº 0474917-54.2006.8.13.0687, em trâmite na 1ª Vara Cível da Comarca de Timóteo/MG, movida pelo Estado de Minas Gerais; R.10 – Penhora 50% do imóvel, ref. autos nº 0049629-20.2012.8.13.0313, em trâmite na 1ª Vara Cível da Comarca de Ipatinga/MG, movida por Carlos de Souza Pereira; R.11 – Penhora ref. autos nº 0456542-05.2006.8.13.0687, em trâmite na 1ª Vara Cível da Comarca de Timóteo/MG, movida pelo Estado de Minas Gerais; R.12 – Penhora exequenda.

1ª Vara Cível do Foro de Mogi Mirim

Lote 01: 1ª Vara Cível do Foro de Mogi Mirim

Valores atualizados

Avaliação533.500,00
Lance mínimo533.500,00
Incremento1.500,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas133

IMÓVEL URBANO– “A casinha no fundo, poço e bomba d’água e respectivo terreno designado por lote “D1”, nesta cidade, desmembrado do lote D (mat. 74635), com a área de1.067,70m², assim descrito: mede 18,00 metros de frente para a Rua Paraíba, com rumo SE 09° 14’50” NW; daí deflete à esquerda com rumo SW 76° 19’ 40” NE com 59,43 metros, confrontando com lote D2 (mat. 74638) ; daí deflete à esquerda com rumo NW 09° 47’ 00” SE com 19,30 metros, confrontando com Maria Paulina Del Bianchi Rosas; daí deflete à esquerda com rumo SW 75° 45’ 50” NE com 2,70 metros, confrontando com Luiz Antônio de Azevedo (Amoedo) Campos; daí deflete à esquerda com rumo SW 65° 19’ 50” NE, com 10,23 metros, confrontando com lote D (mat. 74636); daí deflete à direita com rumo SW 76° 19’ 40” NE, com 47,00 metros, confrontando com lote D (mat. 74636)”. Cadastro Municipal nº 53.44.71.0330-001.

Avaliação: R$ 533.500,00.Localização:Rua Paraíba n° 61, Bairro Saúde – Mogi Mirim/SP.

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus ao interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM:No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fl.112) que corresponde aR$ 533.500,00(Outubro/2017). No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor da avaliação judicial, correspondente aR$ 320.100,00(Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

ÔNUS: Consta na referida matrícula: R.03 / R.04 / R.05 – Hipoteca em favor do Banco do Brasil S/A; Av.06 – Penhora ref. processo nº 1002203-03.2017.8.26.0363, em trâmite no 1º Vara Cível do Foro de Mogi Mirim/SP, movida pelo Banco do Brasil S/A; Av.07 – Penhora exequenda. Existência de débitos relativos ao IPTU no importe de R$ 2.418,08 atualizados até Outubro/2019, devidos a Municipalidade.

5ª Vara Cível do Foro de São Carlos

Lote 01: 5ª Vara Cível do Foro de São Carlos

Valores atualizados

Avaliação300.000,00
Lance mínimo307.541,00
Incremento1.500,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas167

IMÓVEL– “Um terreno sem benfeitorias, situado nesta cidade, município, comarca e circunscrição de São Carlos, Estado de São Paulo, constituído do LOTE nº 20 da QUADRA nº 25, no loteamento denominado “Parque Fehr”, medindo 10,00 metros no alinhamento com a Rua 12, de uma lado 25,00 metros confrontando com o lote 19 e de outro 25,00 metros confrontando com o lote 21, com fundos 10,00 metros confrontando com o lote 23, encerrando uma área total de 250,00 metros quadrados”. Conforme Auto de Avaliação: No referido terreno foi edificado uma casa residencial térrea com 141,40 m² de área construída, em alvenaria e faltando pintura externa, não averbada na matrícula. Cadastro Municipal nº 10.375.020.001. Matriculado sob nº 81.631 do CRI de São Carlos/SP.

Localização: Rua José Luis Carom nº 409 – Pq. Fehr – São Carlos / SP. Avaliação: R$ 300.000,00 (Nov/2018).

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM: No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação (fl.94) equivalente a R$ 300.000,00 (Novembro/2018), que atualizado para o leilão, corresponde a R$ 307.541,00. No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a 60% do valor atualizado da avaliação judicial, correspondente a R$ 184.524,60. (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

ÔNUS: Existência de débitos relativo a IPTU/Dívida Ativa no valor de R$ 1.309,84 (Outubro/2019), devidos a Municipalidade

1ª Vara Cível do Foro de Tupanciret

Lote 01: 1ª Vara Cível do Foro de Tupanciret

Valores atualizados

Avaliação8.123.117,48
Lance mínimo4.061.558,74
Incremento10.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas891

VALOR NA SEGUNDA PRAÇA: r$ 4.061.558,74

UMA FRAÇÃO DE TERRAS de campo, sem benfeitorias, com área superficial de 2.689.774 m² (dois milhões, seiscentos e oitenta e nove mil, setecentos e setenta e quatro metros quadrados), situada no município de Quevedos, nesta Comarca (São Pedro do Sul), no lugar denominado “Aguapé”, com as seguintes confrontações: ao NORTE, com terras de Lacy Nascimento Viegas e com terras de Licércio do Nascimento e Silva; ao SUL, com terras de Clarhynto Salles Pint; ao LESTE, com terras de Josefino da Silva Pereira; e, ao OESTE, com terras de Clarhynto Salles Pinto e Vicente Quadros do Nascimento.

9ª Vara Cível  foro Santos

Lote 01: 9ª Vara Cível foro Santos

Valores atualizados

Avaliação700.000,00
Lance mínimo725.000,00
Incremento1.500,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas1280

CASA C/ 4 DORM ( 2 suites) + 5 VAGAS + PISCINA - BALNEÁRIO DA PRAIA DE PERNAMBUCO - GUARUJÁ / SP.

CASA COM 4 DORMITÓRIO, SENDO 02 SUÍTES, 02 BANHEIROS, LAVABO, SALA PARA 3 AMBIENTES, COZINHA, ÁREA DE ERVIÇO, DEPENDENCIAS DE EMPREGADA, GARAGEM COBERTA PARA 02 CARROS E MAIS 03 VAGAS DESCOBERTAS. ÁREA DE LAZER COM PISCINA E CHURRASQUEIRA. 

Localização: Avenida das Marimbas, 53 - Praia de Pernambuco - Guarujá - SP

IMÓVEL– “Lote 16 da quadra A, da modificação da gleba 2, do loteamento denominado PERNAMBUCO, distrito, município e comarca de Guarujá, medindo 14,00 metros de frente, no alinhamento da avenida das Marimbas, por 35,00 metros pelo lado esquerdo onde confronta com os lotes 17 e 18 por 14,00 metros nos fundos onde confronta com o lote 4 encerrando a área de 483,00 metros quadrados.” Conforme Av.5 - sobre o referido terreno foi construído uma casa de morada de 347,97m² de área construída, emplacando com o número de 53, da Avenida Das Marimbas.

Cadastro Municipal: 3-0585-016-000.Matriculado sob nº 22.430 do CRI de Guarujá/SP.

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus do interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.

ÔNUS:Consta na referida matrícula Av.6 –Penhoraexequenda; Constam também débitos relativos àIPTUno importe deR$ 8.320,13(Outubro/2019), devidos a Municipalidade (com parcelamento em andamento)

VALOR DA DÍVIDA EXEQUENDA:R$ 467.772,28 (Maio/2017).

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM:No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fls.183/207) que corresponde aR$ 700.000,00 (Agosto/2018), que será atualizada à época da alienação. No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor atualizado da avaliação judicial (Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

5ª Vara Cível do Foro de Jales

Lote 01: 5ª Vara Cível do Foro de Jales

Valores atualizados

Avaliação200.000,00
Lance mínimo123.942,00
Incremento2.000,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas281

IMÓVEL DE USO COMERCIAL (MERCADO) - TERRENO COM 360M²

Localização: Rua Professor Rubião Meira nº 3.552 – Jardim Paraíso – Jales/SP.

IMÓVEL– “Terreno (Lote 13 da Quadra 06), contendo uma CASA residencial de alvenaria, construída de tijolos, coberta com telhas do tipo francesas, contendo 05 cômodos internos, 01 banheiro, 01 alpendre e 01 área de serviços, num terreno de 12,00 metros de frente para a Rua Professor Rubião Meira, por 30,00 metros nas laterais; confrontando-se mais, de um lado com o lote 12; de outro lado com o Lote 14 e pelo fundo com o Lote 14, perfazendo a área total de 360,00 metros quadrados”. Cadastro Municipal sob nº 408.200.240.01.02.

Avaliação: R$ 200.000,00 (Setembro/2018).Matriculado sob nº 23.447 do CRI de Jales/SP

ÔNUS:Consta na referida matrícula:Av.08 –Penhora Exequenda;Av.09 –Penhora ref. Autos nº 1001087-92.2019.8.26.0297, em trâmite na 1ª Vara Cível do Foro de Jales / SP, movida pelo Banco do Brasil S/A.

VALOR DA DÍVIDA EXEQUENDA:R$ 192.073,71 (fls.152/164)

VALOR MÍNIMO DA VENDA DO BEM:No primeiro leilão, o valor mínimo para a venda do bem apregoado será o valor da avaliação judicial (fl.120) que corresponde a R$ 200.000,00 (Setembro/2018), que, atualizado para o leilão, perfaz o montante deR$ 206.569,00. No segundo leilão, o valor mínimo para a venda do bem corresponderá a60%do valor atualizado da avaliação judicial, equivalente aR$ 123.942,00(Art. 891 do NCPC, Parágrafo único. Considera-se lance vil o preço inferior ao mínimo estipulado pelo juiz e constante do edital).

O bem será vendido no estado de conservação em que se encontra, sem garantia, constituindo ônus ao interessado verificar suas condições, antes das datas designadas para a alienação eletrônica.